Audiovisuais

1º Ciclo de Cinema-Fórum sobre Transição

 

cartaz

 

 1º Ciclo de Cinema-Fórum sobre Transição que engloba cinco sessões gratuitas, com cinco filmes sobre diferentes tópicos relacionados com problemáticas atuais e novas alternativas, nas áreas da Economia, Agricultura e Saúde, Educação e Cidades em Transição, irá realizar-se em Loulé de 4 de Agosto a 1 de Setembro, sempre á terça-feira.

 Em cada sessão, o filme é seguido de um fórum onde se geram conversas com o objetivo de alargar o nosso entendimento coletivo sobre o panorama do mundo global e local, refletindo em alternativas ao atual modelo de desenvolvimento.

Despertar, inspirar, pensar em conjunto é hoje uma necessidade que todos sentimos, para enfrentar dificuldades e construir formas e estilos de vida mais sustentáveis.

As sessões irão ocorrer em 5 locais distintos, promovidas conjuntamente por quatro associações e uma cooperativa – Ateneu Industrial e Comercial de Loulé, Rugby Clube de Loulé, Associação Almargem, Cooperativa 26 de Junho e Casa da Cultura de Loulé -  contando com o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Este conjunto de entidades está assim a dar continuidade a um repto lançado pela ECOS  (Cooperativa para a Educação, Cooperação e Desenvolvimento), Associação NEW Loops, movimento cívico GLOCAL Faro e  Cineclube de Faro, que com o apoio de outras organizações associativas, da Ideias em Baú, Lda e da ANJE Algarve, organizaram em faro este ciclo extremamente participado e mobilizador de iniciativas posteriores.

A primeira sessão é já na próxima terça, dia 4 de Agosto às 21h30 no Ateneu Industrial e Comercial, no inicio da Avenida José da Costa Mealha.

Participa, divulga, traz um(a) amigo(a) contigo

Exibição do Filme “Bird” de Clint Eastwood / Loulé JAZZ

 

cartaz

 

 Na sequência da programação do Festival Internacional de Jazz de Loulé, a Casa da Cultura de Loulé em parceria com o Município de Loulé e com o Cine Clube de Faro irá exibir o filme “Bird” de Clint Eastwood no dia 11 de Julho no Cine Teatro Louletano pelas 21:30H. O filme fará uma ligação entre o cinema e o mundo da música.

Apresentação do filme estará a cargo do docente da ESEC/UALG Professor Vítor Reia Baptista.

Esta será mais uma das iniciativas que antecedem o Festival de Jazz de Loulé, que irá decorrer nos dias 31 de Julho e 1 de Agosto na Alcaidaria do Castelo de Loulé. As bandas confirmadas para o Festival de Jazz de Loulé são Tcheka, Carlos Martins, Julian Argüelles Tetra e Trio Azul com Carlos Bica / Frank Möbus / Jim Black.

 

EXPOSIÇÃO DE HOMENAGEM A VICTOR BORGES

 

Victor Borges - “Os Génios Não Morrem”

7 Nov. a 29 Nov.

Edifício Casa da Cultura e C.E.C.A.L.

Inauguração dia 7 Nov. pelas 19H

 

 convite

 Sinopse:

Apaixonado pela nossa história, Victor Borges, tinha uma frase que definia essa paixão:

“Se queres saber quem és, tens que saber de onde vens, só sabendo de onde vens, irás saber onde estás, quem és e para onde vais”.

Ao longo da sua curta vida, explorou e desenvolveu vários projetos artísticos ligados à arquitetura, escultura, pintura, ilustração e literatura. Destacando-se, “O Pátio da D. António” em Benafim (arquitetura), o monumento de homenagem ao Poeta Al-Mù Tamid (arquitectura) em Beja, a “Ara Vitae” (escultura) que foi trazida de Loulé para Benafim, após a sua morte. Na ilustração, sobressai os painéis com a reconstituição completa da XELB (designação árabe da cidade de Silves) durante a ocupação islâmica do século XIII. E na literatura alguns exemplos como o Cursum Perficio – Viagem a Akhshânba e o livro a título póstumo, APOKALYPSIS, uma compilação de manuscritos e ilustrações de Victor Borges, sobre as origens do cristianismo. Por terminar ficaram alguns projectos artísticos como por exemplo o monumento a Isabel de Portugal, destinado para a cidade Belga de Bruges.

Victor Borges, nasceu a 2 de Agosto de 1962 na Quinta do Freixo, Benafim. Emigrou com os seus pais para França, regressou com a família a Portugal e voltou a emigrar desta vez para os Estados Unidos, onde viveu durante alguns anos, regressando definitivamente a Portugal. Viveu em Silves e regressou a Benafim onde viria a falecer de doença súbita no dia 17 de Fevereiro de 2012, com 49 anos de idade.

XXI MOSTRA DE FOTOGRAFIA

 

XXI MOSTRA DE FOTOGRAFIA

 Após dois anos de interregno a Casa da Cultura de Loulé tem o prazer de anunciar, o regresso da Mostra de Fotografia. Esta que será a XXI Edição da Mostra, volta com o intuito de promover a fotografia enquanto expressão artística e incentivar os fotógrafos profissionais ou amadores a expor os seus trabalhos.

A Mostra de Fotografia é uma organização da Casa da Cultura de Loulé, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

A exposição irá estar aberta ao público no edifício. C.E.C.A.L / Casa da Cultura entre os dias 5 e 30 de Dezembro. Os fotógrafos que queiram participar na XXI Mostra de Fotografia têm que conhecer/cumprir as seguintes condições de participação:

Os trabalhos deverão ser entregues já devidamente preparados para serem afixados na parede;

Por motivos de conciliação de espaços a exposição vai estar patente na sala onde se poderão realizar espectáculos de teatro ou música;

Os trabalhos devem ser entregues no máximo até dia 01 de Dezembro 2014, na Casa da Cultura de Loulé, encontrando-se esta aberta regularmente de Segunda a Sexta das 10h às 13h e das 15h às 19h;

A participação poderá ser feita com o máximo de 2 fotos (cor e/ou preto e branco);

Na eventualidade do número de trabalhos superar a capacidade da sala, a Casa da Cultura reserva-se ao direito de seleccionar apenas uma das fotos para expor e dar prioridade mediante a ordem de entrega das obras;

Após o final da exposição os trabalhos terão que ser recolhidos na Casa da Cultura de Loulé no máximo até ao dia 09 de Janeiro, data após a qual a organização não se responsabilizará pelos mesmos.

Para lá da estrada preta

Para lá da estrada preta

Exposição coletiva de fotografia

Vasco Célio, Luís da Cruz, Susana Paiva, Manolo Espáliu, Sérgio Castañeira e Tiago Grosso.

9 de Agosto a 7 de Setembro

Organização Casa da Cultura de Loulé.

Apoio CML

cartaz

Sinopse:

Tem como pano de fundo a costa sul algarvia e reúne uma seleção de seis trabalhos de autor dos fotógrafos Vasco Célio, Luís da Cruz, Susana Paiva, Manolo Espáliu, Sérgio Castañeira e Tiago Grosso.

Apesar de autónomos entre si, os trabalhos apresentados refletem de forma dialogante e crítica sobre o lugar - Algarve, situando esta exposição algures entre o documento da transformação do espaço e o pensamento sobre o conceito de identidade.

Páginas

Subscribe to RSS - Audiovisuais