Os meus 15 anos

NO TEMPO DOS AVOZINHOS - "HOMENAGEM AOS SOLDADOS LOULETANOS FALECIDOS NA 1ª GRANDE GUERRA"

No tempo dos avozinhos é um espaço informativo que aborda variadíssimos aspetos curiosos da história local (Concelho de Loulé). Em tempos de pandemia, a Casa da Cultura de Loulé resolveu converter o "No Tempo dos Avozinhos" para o formato de vídeo, o qual esperamos que seja do vosso agrado. Os avozinhos estão de volta após uma curta pausa com mais curiosidades / factos que marcam a história do concelho de Loulé.

No quarto episódio os avozinhos propõem uma homenagem aos combatentes falecidos na primeira grande guerra, incidindo sobretudo nos soldados que combateram em África. Também é dado especial enfase aos soldados falecidos naturais do concelho de Loulé, e às placas expostas nas paredes da Câmara Municipal que lhes prestam homenagem. 

ALINE DELGADO - "OS MEUS 15 ANOS"

Conhecer a evolução cultural, social e económica a partir de diferentes perspetivas e vivências é termos a possibilidade de beneficiar de testemunhos e reflexões que afinal temos ao alcance de depoimentos e conversas partilhadas. 

15 anos, é idade de sonhar, de desenhar futuros... Que futuro? 

Os anos 50 do século passado, o 25 de Abril, o séc. XXI... O País mudou tanto que muitos nem sonham e outros parecem ter esquecido!

Num exercício de memória, partilhamos convosco vivências dos 15 anos em testemunhos curtos, de várias gerações. Saibamos ouvir, refletir, ponderar, decidir… O futuro está agora à nossa frente… Mas se não sabemos de onde viemos, temos dificuldade em compreender onde estamos, com que fundamento decidimos para onde vamos?

 

Acompanhe-nos e divulgue este espaço de partilha. 

Obrigado a quem tem participado. 

Contamos também consigo! 

JOÃO TATÁ REGALA - "OS MEUS 15 ANOS"

 

Conhecer a evolução cultural, social e económica a partir de diferentes perspetivas e vivências é termos a possibilidade de beneficiar de testemunhos e reflexões que afinal temos ao alcance de depoimentos e conversas partilhadas. 

15 anos, é idade de sonhar, de desenhar futuros... Que futuro? 

Os anos 50 do século passado, o 25 de Abril, o séc. XXI... O País mudou tanto que muitos nem sonham e outros parecem ter esquecido!

Num exercício de memória, partilhamos convosco vivências dos 15 anos em testemunhos curtos, de várias gerações. Saibamos ouvir, refletir, ponderar, decidir… O futuro está agora à nossa frente… Mas se não sabemos de onde viemos, temos dificuldade em compreender onde estamos, com que fundamento decidimos para onde vamos?

 

Acompanhe-nos e divulgue este espaço de partilha. 

Obrigado a quem tem participado. 

Contamos também consigo! 

RAFAEL GUERREIRO - "OS MEUS 15 ANOS"

Conhecer a evolução cultural, social e económica a partir de diferentes perspetivas e vivências é termos a possibilidade de beneficiar de testemunhos e reflexões que afinal temos ao alcance de depoimentos e conversas partilhadas. 

15 anos, é idade de sonhar, de desenhar futuros... Que futuro? 

Os anos 50 do século passado, o 25 de Abril, o séc. XXI... O País mudou tanto que muitos nem sonham e outros parecem ter esquecido!

Num exercício de memória, partilhamos convosco vivências dos 15 anos em testemunhos curtos, de várias gerações. Saibamos ouvir, refletir, ponderar, decidir… O futuro está agora à nossa frente… Mas se não sabemos de onde viemos, temos dificuldade em compreender onde estamos, com que fundamento decidimos para onde vamos?

 

Acompanhe-nos e divulgue este espaço de partilha. 

Obrigado a quem tem participado. 

Contamos também consigo!

OSVALDO GAGO - "OS MEUS 15 ANOS"

Conhecer a evolução cultural, social e económica a partir de diferentes perspetivas e vivências é termos a possibilidade de beneficiar de testemunhos e reflexões que afinal temos ao alcance de depoimentos e conversas partilhadas. 

15 anos, é idade de sonhar, de desenhar futuros... Que futuro? 

Os anos 50 do século passado, o 25 de Abril, o séc. XXI... O País mudou tanto que muitos nem sonham e outros parecem ter esquecido!

Num exercício de memória, partilhamos convosco vivências dos 15 anos em testemunhos curtos, de várias gerações. Saibamos ouvir, refletir, ponderar, decidir… O futuro está agora à nossa frente… Mas se não sabemos de onde viemos, temos dificuldade em compreender onde estamos, com que fundamento decidimos para onde vamos?

 

Acompanhe-nos e divulgue este espaço de partilha. 

Obrigado a quem tem participado. 

Contamos também consigo!

Páginas

Subscribe to RSS - Os meus 15 anos