Espectáculos

Apresentação do livro "Poemas da Saúde e da Doença"

 

A Casa da Cultura de Loulé, irá receber no próximo dia 4 de Março (sexta feira) pelas 21:30h, a apresentação do livro "Poemas da Saúde e da Doença".

Esta iniciativa irá contar com a presença dos autores José Fanha e  Pedro Quintas, que ao longo da noite irão declamar alguns dos poemas, do livro "Poemas da Saúde e da Doença".

convite

“AS-PA-LA-VRAS” Poesia “Invernos” no Polo de Quarteira da Biblioteca Sophya Mello Breyner

 

O coletivo de atores do Teatro Análise de Loulé, que dinamiza o projeto dedicado à poesia intitulado “AS-PA-LA-VRAS”, irá recuperar uma das sessões anteriormente realizadas e apresenta-la, no polo de Quarteira da biblioteca Sophya Mello Breyner.

Bem a propósito do frio que se está a fazer sentir, a noite de poesia será dedicada à temática do Inverno.

Os Intervenientes serão - Maria João Catarino, Martim Santos e Sérgio Sousa.

poesinv

Poesia “Invernos

Polo de Quarteira da Biblioteca Sophya Mello Breyner

19 Fevereiro / 21H

Concerto de Apresentação do EP "THE(UN)LOVELY STORIES" de João Caiano

 

A Casa da Cultura de Loulé irá receber no próximo dia 13 de Fevereiro pelas 22H, o concerto que marcará o lançamento do EP "The Unlovely Stories", da autoria de João Caiano.

banner "THE(UN)LOVELY STORIES" João Kaiano 

Um dia João Caiano sentiu a desolação de um amor perdido, como milhares antes dele começaram a escrever para se curarem e enredarem num processo positivo, conhecido por todos os artistas, o transformar a sua dor em arte. Primeiro veio as musicas de desamor, e de seguida vêm as de amor. Yin Yang veio a mente, dois CD's EP's separados mas juntos. O conceito não é novo para o mundo, mas é completamente novo para ele e o seu coração em crescimento. As THE(UN)LOVELY STORIES é um sonho tornado realidade, com sabor amargo e doce.

João Caiano é um musico e escritor, que usa a sua experiência de vida para alimentar a sua escrita. Por muitos anos ele colaborou com varias bandas, experimentando vários estilos musicais (hip-hop, metal, folk...) e ultimamente descobriu o seu único e poderoso estilo de cantar, que faz o ouvinte ficar de cabelos no ar. Não se consegue não ouvir o Caiano quando ele canta. Somos raptados pela natureza crua do seu cantar e o sentimento que ele põe sobre. Normalmente ele escreve na sua língua nativa o Português, mas desta vez ele sentiu que as suas palavras deveriam ser ouvidas mais alto. Ser ouvida no mundo inteiro. A sua biografia é um mistério até mesmo para ele. Ele diz que " O passado é um tesouro antigo, e o presente é a chave para o futuro." 

AS-PA-LA-VRAS - Chico Buarque de Hollanda

 

A poesia estará mais uma vez de volta ao palco da Casa da Cultura de Loulé na próxima sexta –feira 12 de Fevereiro pelas 21:30H. O coletivo de atores do Teatro Análise de Loulé, irá desta vez trazer ao palco a poesia e a música de Chico Buarque de Hollanda.

 

Poesia e Música de Chico Buarque de Hollanda

Casa da Cultura de Loulé

12 Fevereiro pelas 21:30H

 

 As-pa-la-vras chico buarque hollanda_cartaz

"Conto de Pernas P'ró Ar" no Cine Teatro de S. Brás de Alportel

 

O Teatro Análise da Casa da Cultura de Loulé irá dar continuidade à apresentação das suas peças no Cine – Teatro de S. Brás de Alportel. Conforme já anunciado pela Casa da Cultura e pela Câmara Municipal de S. Brás, no próximo Sábado dia 23 Janeiro pelas 21:30H será apresentada a peça de teatro “O 2º €uro Festival da Cançanita Louletana”.

Ainda no mesmo fim-de-semana, domingo dia 24 Janeiro, também no Cine Teatro de S. Brás de Alportel, o T.A.L apresentará a peça de teatro para a infância “Um Conto de Pernas P’ró Ar”, pelas 15:30H.

 

cartaz Um Conto de pernas P'ró Ar

 

Sinopse: Um Conto de Pernas pr´o Ar.

Algodãozinho é uma menina que vive algures na Floresta das Estrelas Cadentes e que quase todas as noites recebe no seu velho casebre a visita de pequenas estrelas que se perdem no imenso universo e que ali vêm em busca de uma ajuda. É que Algodãozinho tem a arte única de consertar estrelas que caem nas suas loucas correrias espaciais.

Mas na Floresta das Estrelas Cadentes, acontecem todos os dias coisas inimagináveis tal como a visita do Soldadinho de Chumbo em busca de um amor que substitua o que sentia pela sua bailarina de papel, ou mesmo o célebre lobo da história da Avózinha do Capuchinho que entretanto virou um lobo bonzinho. Para lá de tudo isso a Rainha Plim Plom Plim sabendo das artes e da inteligência superior de Algodâozinho quer levá-la para o seu Palácio. Ali perto, na Torre da Má Hora, coisas muito estranhas estão acontecendo já que o Dragão Pescossão e o Dulingosilfério ( o ser mais estranho do Planeta ) abandonam a Torre por motivos que todos irão descobrir quando esta história estiver a decorrer perante os vossos olhos. Um mundo bem diferente do que nos rodeia mas tão natural nas histórias de encantar. Algodãozinho vai mostrar como o seu doce coração poderá pôr esta história de pernas para o ar!

 

Páginas

Subscribe to RSS - Espectáculos